A única maneira de encontrar coragem é aproximar-se da borda, fechar os olhos e confiar que tudo acabará bem. Pular Todos esses conflitos apareceram na minha cabeça quando me inclinei para a borda antes de pular no vazio. No final acabei me jogando e.

Quando decidi deixar a universidade, tive medo de que minha família pensasse em mim ou que minha vida tradicional fosse para o inferno. O que aconteceria se meus amigos parassem de me ligar ou se minha família não me apoiasse em nenhuma das minhas decisões? E se eu não encontrar trabalho devido à perda de relacionamentos profissionais?

Minha família sempre me apoiou. Na verdade, ele entendeu que o que eu estava propondo era muito coerente e eles me ajudaram a cada passo. Eu posso te dizer que hoje em dia eles me dão livros que estão na minha lista de tarefas para que meu aprendizado possa continuar.

Prova vestibular mais concorrida no país

Minha vida tradicional se estabeleceu rapidamente. Hoje em dia posso gerenciar meus horários e escolher o que quero fazer a qualquer hora do dia. Eu posso ir correndo no meio da manhã ou me reunir para tomar um café com alguém à tarde prova do ENEM.

Com meus amigos estou em contato constante graças a ferramentas como redes sociais ou WhatsApp, que me permitem fazer planos e ficar com eles toda semana. Embora eu tenha perdido potenciais conexões profissionais que me deram na faculdade, encontrei outras variantes que se tornaram algo muito mais interessante.

Hoje eu uso a ferramenta MeetUp que me permite encontrar eventos que reúnem pessoas com os mesmos interesses em um ambiente totalmente descontraído e divertido. Graças a essa ferramenta, conheci pessoas com as quais estou atualmente desenvolvendo projetos.

Os medos sempre aparecerão, mas as dúvidas são o começo de uma ótima solução. A chave é ter seus sonhos e objetivos mais altos do que seus medos: por um instante de desconforto, você não deve perder de vista seu maior objetivo.

Vestibular ENEM mais concorrido

Deixar a universidade para seguir meus sonhos foi um ato muito romântico, mas a verdade é que eu precisava de um emprego para pagar minhas despesas. E geralmente, esses trabalhos exigem pessoas que já se formaram ou estão terminando seus estudos.

No meu caso, eu estava procurando um emprego como escritor freelancer para gerar renda enquanto viajava. Procurei o contato da pessoa de marketing e adivinhe: há dois anos, escrevo o blog dessa cadeia de hotéis. Outra maneira de se destacar de profissionais com um diploma universitário é criar um projeto pessoal que permita demonstrar as habilidades que você pode oferecer. Um curriculum vitae não é mais garantia de nada.

Comecei a pesquisar na Internet que as empresas do mundo das viagens e turismo não tem blog e me deparei com uma grande cadeia de hotéis que teve uma boa presença em redes sociais, mas não tem a sua própria plataforma digital, assim que eu projetei um plano de publicações, idéias, custos e benefícios.

Ser proativo é uma das melhores maneiras de encontrar um emprego, quer você tenha ou não um diploma. Se você puder encontrar um espaço em branco dentro da empresa, proponha uma solução. Foi exatamente isso que fiz: procurei uma grande empresa que não tivesse um blog (mas estivesse interessada em ter uma presença online) e fiz uma proposta com todas as soluções de que precisava. Eles ficaram fascinados.

Prova vestibular mais concorrida
Avalie este artigo!